Banner2


Notícias

 

Delta II Rocket  (Fonte: Nasa)

OVNI VISTO POR REPÓRTERES DO JORNAL "A TRIBUNA" PODE SER LIXO ESPACIAL

Por Milton Aloísio de Oliveira

Fartamente anunciado na imprensa, grupos de discussão e comunidades de ufologia do Orkut, uma equipe de reportagem do Jornal “A Tribuna”, da cidade de Santos (SP), composta de três membros, presenciou e fotografou, na madrugada de 22 de outubro de 2008 (quarta-feira), um objeto voador de luminosidade intensa.

O interesse pelo fato foi de tal ordem que os diretores do Jornal resolveram tornar públicas as notas veiculadas em seu site, de acesso restrito a assinantes. Neste sentido, consta do site a seguinte nota:

“Em razão do grande interesse pela reportagem publicada no jornal e veiculada no site, A Tribuna decidiu abrir a reportagem e permitir o acesso não apenas pelos assinantes, mas também pelos internautas em geral.” - http://atribunadigital.globo.com/bn_conteudo.asp?cod=380722&opr=103 

Segundo Ronaldo Abreu Vaio, ele e mais dois colegas de reportagem: o motorista Ronaldo Cardoso Oliveira e o repórter-fotográfico Luiz Fernando Menezes , voltavam de São Paulo - onde foram cobrir o o show de abertura do Tim Festival, com Sonny Rollins, que se deu na noite de terça-feira, 21/10/08.

O mesmo Ronaldo Abreu disse que, por volta de 0:30 h do dia 22/10/08, vinham eles conversando e brincando no carro.

Já na Rodovia dos Imigrantes, pouco antes de chegarem ao pedágio, seu colega Luiz Fernando reparou numa luz laranja movendo-se no céu, paralelamente ao carro em que viajavam, do lado direito.

Pedágio da Rodovia dos Imigrantes (Fonte: Google Earth)

 

Em tom de galhofa, Luiz Fernando teria dito: "Olha o OVNI aí" .

 Ovni visto em Santos (Fonte: Jornal "A Tribuna")

Inicialmente pensando que se tratava de um balão, os integrantes da equipe jornalística, no entando, pouco depois, se assustaram com um súbito aumento da velocidade do objeto voador, pelo que resolveram parar o veículo para uma melhor observação e para fotografá-lo.

Ronaldo Luiz diz que gritou simultaneamente com um amigo:

“‘Pára o carro!’, gritamos Luiz Fernando e eu quase ao mesmo tempo. Com sua Canon 40D munida de uma lente 70x200, com um duplicador 1x4 (ufa!), Luiz Fernando fez as primeiras fotos e continuamos a jornada, sem perder a luz de vista.”

Dando continuidade à sua jornada em direção a Santos, no entanto, teria o objeto aumentado ligeiramente de tamanho, o que motivou uma nova parada do veículo e outra rodada de fotos do objeto.

Diz Ronaldo Abreu que aí aconteceu a mais arrepiante coincidência da noite:

“no momento exato em que Luiz Fernando empunhou a câmera para a segunda bateria de fotos, a luz estancou, como se soubesse que seria e quisesse ser fotografada.”

Terminada mais essa sessão de fotos continuaram a viagem, e, quando passaram pelo pedágio o objeto começou a se mover no sentido inverso ao do carro. Ainda o observaram alguns instantes, até sumir na distância.

O Fenômeno, entretanto, pode se tratar de uma reentrada de lixo espacial em nossa atmosfera

O Center Orbital and Reentry Debris Studies, criado pela The Aerospace Corporation, com sede nos Estados Unidos, reconhecendo o crescente perigo representado pelos milhares de engenhos humanos em órbita de nosso Planeta (lixo espacial), disponibiliza em seu site as previsões de reentradas de restos de veículos espaciais em nossa atmosfera.

E para o início da madrugada desta última quarta-feira (22/10/08) fez o referido Centro de Pesquisa por incluir em seu site a previsão de reentrada do que seria o veículo descrito como Delta II Stage 2 Rocket Body, da missão GeoEye 1, que foi lançado pelos americanos em 06 de setembro de 2008. http://www.reentrynews.com/2008042b.html

A reentrada do estágio 2 do Delta II estava prevista para acontecer às 0:27 h (horário UTC) do dia 22 de outubro de 2008, com margem de erro de 130 minutos, para mais ou para menos.

Assim, considerado o horário brasileiro de verão e a margem de erro calculada, a reentrada deveria se dar entre 20:17 h. do dia 21/10 e 0:27 h. do dia 22/10/08.

É possível aquilatar das informações disponibilizadas no referido site americano, que a direção da reentrada se daria exatamente no sentido da costa brasileira, pelo que, isso acontecendo, seria o litoral santista, localizado nesta rota, bastante privilegiado para observar o evento.

O certo é que existe considerável possibilidade de que o OVNI de Santos (SP), diferentemente, venha a se enquadrar como um IDENTIFICADO: o Estágio nº 2 do Delta II - Rocket Body.

A análise do espectro demonstra a existência de grande quantidade de calor nas partes internas do objeto (representadas pelas emissões das cores branca, amarela, laranja e vermelha), e diminuição de calor nas extremidades [representada pelo violeta (azul+vermelho) e azul].    

Voltar